Quem Somos

“Uns Comovem-se, Outros Movem-se”

A APA – Associação para Protecção aos Animais de Torres Vedras foi fundada há 35 anos, no dia 12 de Agosto de 1982, por um grupo de 8 pessoas que lutavam pelo bem-estar dos animais.

O nosso voluntariado era feito no canil da Câmara Municipal de Torres Vedras, que nessa altura se situava no Jardim do Choupal, com condições pouco dignas para os animais. Construído um novo Canil Municipal pela Câmara de Torres Vedras, todo o voluntariado passou a ser feito nesse espaço.

Foi estabelecido um protocolo com a APA de Torres Vedras e os ali animais instalados, com melhores condições, tiveram da parte da Câmara e da Associação todo o apoio que merecem.

 

Em 2007, rompido o protocolo entre as duas entidades, a APA de Torres Vedras, não baixou os braços e continuou a lutar pelos direitos dos animais e junto da Câmara conseguiu a cedência de um terreno por 50 anos, a fim de construir um Abrigo para os animais errantes.

Começava aqui, uma nova etapa, pois já com muitos animais a cargo  da Associação, distribuídos por algumas FAT´s ( Famílias de Acolhimento Temporário) as dificuldades eram uma constante.

 

Em 2009, após alterações profundas na Direcção e Gestão da APA e graças à ajuda de TODOS os voluntários, sócios, particulares e empresas, iniciamos finalmente a construção daquele que é hoje o nosso Abrigo e que está em constante evolução.

A APA de Torres Vedras, é uma Associação sem fins lucrativos e é constituída por uma Direcção que é eleita de 3 em 3 anos.

O trabalho que tem sido desenvolvido nestes últimos anos, tem sido muito intensificado e com uma coordenação e organização, digna de respeito.

Contribuímos para estabelecer a dignidade aos animais: Recebemos, tratamos, esterilizamos e cuidamos do animal errante.

Sensibilizamos a comunidade onde estamos inseridos para a importância e para o valor da vida animal.

Temos a nosso cargo a alimentação e a esterilização das Colónias de Gatos de Torres Vedras.

Através do Projecto Ester, esterilizamos animais de rua e pertencentes a famílias carenciadas.

Criamos o primeiro de Grupo de Voluntariado Infanto-Juvenil de uma associação de protecção animal – o APA Júnior.

O Projecto Ester

 

O que fazemos?

Esterilizamos, Esterilizamos, Esterilizamos !!!

A Esterilização é

a Solução

contra o Abandono e

a sobre-população de animais

 

O Projecto Ester foi fundado pela Presidente da APA, D. Maria Augusta Pereira e visa a esterilização massiva de animais de rua e pertencentes a todos aqueles que não conseguem suportar os custos inerentes à esterilização dos seus animais de companhia.

Para além deste Projecto, estabelecemos protocolos com autarquias no sentido de promover programas de Sensibilização e Esterilização de Animais.

Estabelecemos Parcerias com Clínicas Veterinárias na Região Oeste, conseguindo assim preços solidários para esterilização de animais de rua e de famílias carenciadas.

Sensibilizamos a comunidade em que estamos inseridos para a importância da esterilização, através de campanhas de sensibilização, visitas a escolas e participação em eventos.

Porque o fazemos ?

Porque acreditamos que a esterilização é a solução, contra o abandono e a sobrepopulação dos animais.

90% dos animais que nascem nunca vão conhecer um Lar.

 

 

Como Ajudar?

Seja Voluntário

Apadrinhe uma esterilização

Encaminhe animais para o Projecto Ester

 

 

Programa – “A Ester vai à escola”

Programa CED – Captura – Devolução – Esterilização

Programa “Querido , Esterilizei-te o gato”

 

 

 

O Programa CED consiste na captura, esterilização e devolução de animais errantes (gatos) .

Conseguimos desta forma controlar o número excessivo de animais em colónias.

É feito por voluntários, através da colocação de armadilhas de captura, transporte até à  clínica veterinária e posterior devolução à colónia.

 

 

Conhece alguma colónia que precise da nossa intervenção?

Fale connosco, teremos muito gosto em ajudar.

A Esterilização

O que é a  Esterilização

É um procedimento cirúrgico que  consiste na remoção total dos órgãos reprodutores, é realizado por Médicos Veterinários, sob anestesia geral e com um período de convalescença rápido.

O animal tem alta no próprio dia.

 

Quais os riscos?

Tal como todos os procedimentos cirúrgicos existe sempre um risco associado à anestesia e a outras complicações cirúrgicas.

Hoje em dia é um processo muito simples e rápido logo, tem um grau de risco muito baixo.

Como é óbvio depende também do estado geral da saúde do animal.

É aconselhado que os animais estejam correctamente desparasitados e vacinados e a realização de uma consulta pré-cirúrgica e análises gerais.

 

Cuidados Após a Cirurgia

É sempre necessário dar alguma medicação.

Disponibilizar um ambiente sereno e calmo, preferencialmente dentro de casa.

Evitar que o animal corra e salte nos dias seguintes à operação.

Se o animal lamber ou tirar o penso deve ser colocado um colar isabelino.

O banho deve ser evitado nos 10 dias seguintes.

Vigiar a correcta cicatrização da incisão, qualquer alteração, edema ou rubor deve ser comunicada ao médico veterinário imediatamente.

Assim como alterações do comportamento, como: dormir demasiado, rejeitar alimento,  vómitos, diarreias, etc..

 

Benefícios da Esterilização

Impede o nascimento de mais ninhadas indesejadas.

Diminui drasticamente os comportamentos relacionados com a actividade sexual

( fugas, brigas, marcação do território, “choros” , stress (cio), etc..)

Reduz o risco de transmissão de doenças venéreas.

Reduz drasticamente a ocorrência dos tumores mais comuns.

Evita a Piometra (distúrbio uterino, muito comum em cadelas e gatas devido à hormona reprodutiva (progesterona), presente também nas pilúlas abortivas e anti-concepcionais.

Aumenta a qualidade e a esperança de vida do animal.

 

 

PARA MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE O SEU MÉDICO VETERINÁRIO

 

Quem Somos?

Uns Comovem-se, Outros Movem-se

A APA – Associação para Protecção aos Animais de Torres Vedras foi fundada há 35 anos, no dia 12 de Agosto de 1982, por um grupo de 8 pessoas que lutavam pelo bem-estar dos animais.

O nosso voluntariado era feito no canil da Câmara Municipal de Torres Vedras, que nessa altura se situava no Jardim do Choupal, com condições pouco dignas para os animais.

Construído um novo Canil Municipal pela Câmara de Torres Vedras, todo o voluntariado passou a ser feito nesse espaço. Foi estabelecido um protocolo com a APA de Torres Vedras e os ali animais instalados, com melhores condições, tiveram da parte da Câmara e da Associação todo o apoio que merecem.

Em 2007, rompido o protocolo entre as duas entidades, a APA de Torres Vedras, não baixou os braços e continuou a lutar pelos direitos dos animais e junto da Câmara conseguiu a cedência de um terreno por 50 anos, a fim de construir um Abrigo para os animais errantes. Começava aqui, uma nova etapa, pois já com muitos animais a cargo  da Associação, distribuídos por algumas FAT´s ( Famílias de Acolhimento Temporário) as dificuldades eram uma constante.

Em 2009, após alterações profundas na Direcção e Gestão da APA e graças à ajuda de TODOS os voluntários, sócios, particulares e empresas, iniciamos finalmente a construção daquele que é hoje o nosso Abrigo e que está em constante evolução.

A APA de Torres Vedras, é uma Associação sem fins lucrativos e é constituída por uma Direcção que é eleita de 3 em 3 anos.

O trabalho que tem sido desenvolvido nestes últimos anos, tem sido muito intensificado e com uma coordenação e organização que é digna de respeito.

Contribuímos para estabelecer a dignidade aos animais: Recebemos, tratamos, esterilizamos e cuidamos do animal errante.

Sensibilizamos a comunidade onde estamos inseridos para a importância e para o valor da vida animal.

Temos a nosso cargo a alimentação e a esterilização das Colónias de Gatos de Torres Vedras.

Através do Projecto Ester, esterilizamos animais de rua e pertencentes a famílias carenciadas.

Criamos o primeiro de Grupo de Voluntariado Infanto-Juvenil de uma associação de protecção animal – o APA Júnior.

PATUDOS ADOPTADOS

AS FOTOS QUE SABEM TÃO BEM

Estes são os momentos que nos movem! Todos os voluntários e colaboradores da APA trabalham para que momentos destes existam com muita frequência. Estas são as imagens que dão força e que ajudam a superar os inúmeros momentos maus de uma realidade tão dura. O abandono, a negligência e os maus tratos existem e a prova disso são os apelos constantes que nos chegam e para os quais nem sempre temos resposta. Para ajudar os que precisam, muitos adoptantes responsáveis têm de vir adoptar!! Mas não esquecer: adoptar, significa uma decisão ponderada, responsável que implica cuidar… cuidar a sério.
Viva os bons adoptantes!



Arquivos por Mês:


Arquivos por Assunto:


Arquivos por Ano:

  • 2018
  • 2014